Animação Bóia Oceânica

Clique aqui

Sistema MONICAN

O sistema integrado é constituído por um conjunto de duas bóias ondógrafo direccionais que permitem a medição de parâmetros meteorológicos, de agitação marítima e ambientais. Têm acoplado um conjunto de termistores para registo da temperatura a diferentes níveis de profundidade e uma delas, dispõe de um perfilador acústico de correntes.

Em terra, a estação dispõe de um sistema de telemetria e de um computador onde estão instalados os programas de recepção dos dados.

Este tipo de bóias recolhe automaticamente os dados, processa-os, armazena-os em disco e transmite-os via rádio ou satélite. Os dados ficam assim disponíveis quase em tempo real para o utilizador. Os dados brutos são arquivados internamente e são alvo de processamento posterior, possibilitando aos técnicos do Instituto a validação e o controle de qualidade dos dados.

As bóias estão equipadas com os seguintes sensores:

  • Wavesense 3 (Fugro Oceanor, integra sensor de ondulação e registador)
  • Velocidade e direcção do vento (Young)
  • Pressão atmosférica (Vaisala)
  • Temperatura do ar (Vaisala)
  • Humidade relativa ((Vaisala)
  • Hidrocarbonetos (Nereides Oil Spy)
  • Oxigénio (Royce)
  • Clorofila-a (Chelsea MiniTracka II)

Na amarração estão integrados outros sensores:

  • Temperatura (Sea Bird, SBE 39-IM)
  • Perfilador de corrente (RDI WorkHorse Sentinel, 300 KHz)

Este sistema de monitorização é complementado com outras 3 estações da Rede Nacional da responsabilidade do Instituto Hidrográfico, os marégrafos de Peniche e da Nazaré e a estação meteorológica instalada em Ferrel.

A estação meteorológica – AWS 2700 da Aanderaa - tem instalados os seguintes sensores:

  • Velocidade do vento (2740)
  • Direcção do vento (2750)
  • Pressão atmosférica (2810)
  • Temperatura do ar (3455)
  • Humidade relativa (3445)
  • Radiação Solar (2770)
  • Pluviosidade (3864)

As estações maregráficas têm instalado marégrafos do tipo VEGA.

 
Joomla SEO by AceSEF